14 de novembro – Dia Mundial do Diabetes

O Dia Mundial das Diabetes é a principal campanha de conscientização global com foco nas diabetes mellitus e é realizada em 14 de novembro de cada ano.

Diabetes e seu coração

Diabetes e doenças cardíacas geralmente andam de mãos dadas. Aprenda como proteger seu coração com mudanças simples no estilo de vida que também podem ajudá-lo a controlar o diabetes.

A doença cardíaca é muito comum e séria. É a principal causa de morte de homens e mulheres no Brasil. Se você tem diabetes, tem duas vezes mais probabilidade de ter doença cardíaca ou derrame do que alguém que não tem diabetes – e em uma idade mais jovem. Quanto mais tempo você convive com diabetes, maior a probabilidade de ter doenças cardíacas.

Mas a boa notícia é que você pode reduzir o risco de doenças cardíacas e melhorar a saúde cardíaca mudando certos hábitos de vida. Essas mudanças também o ajudarão a controlar melhor o diabetes.

O que é doença cardíaca?

As doenças cardíacas incluem vários tipos de problemas que afetam o coração. O termo “doença cardiovascular” é semelhante, mas inclui todos os tipos de doenças cardíacas, derrames e doenças dos vasos sanguíneos. O tipo mais comum é a doença arterial coronariana, que afeta o fluxo sanguíneo para o coração.

A doença arterial coronariana é causada pelo acúmulo de placas nas paredes das artérias coronárias, os vasos sanguíneos que fornecem oxigênio e sangue ao coração. A placa é feita de depósitos de colesterol, que tornam o interior das artérias estreito e diminuem o fluxo sanguíneo. Esse processo é chamado de aterosclerose, ou endurecimento das artérias. A diminuição do fluxo sanguíneo para o coração pode causar um ataque cardíaco. A diminuição do fluxo sanguíneo para o cérebro pode causar um derrame.

O endurecimento das artérias também pode ocorrer em outras partes do corpo. Nas pernas e pés, é chamada de doença arterial periférica ou PAD. O PAD costuma ser o primeiro sinal de que uma pessoa com diabetes tem doença cardiovascular.

Como o diabetes afeta seu coração

Com o tempo, o açúcar elevado no sangue pode danificar os vasos sanguíneos e os nervos que controlam o coração. Pessoas com diabetes também são mais propensas a ter outras condições que aumentam o risco de doenças cardíacas:

  • A pressão alta aumenta a força do sangue através das artérias e pode danificar as paredes das artérias. Ter pressão alta e diabetes pode aumentar muito o risco de doenças cardíacas.
  • Muito colesterol LDL (“ruim”) em sua corrente sanguínea pode formar placas nas paredes das artérias danificadas.
  • Acredita-se que triglicerídeos altos (um tipo de gordura no sangue) e colesterol HDL (“bom”) baixo ou colesterol LDL alto contribuam para o endurecimento das artérias.

Nenhuma dessas condições apresenta sintomas. Seu médico pode verificar sua pressão arterial e fazer um exame de sangue simples para ver se seus níveis de LDL, HDL e triglicérides estão altos.

Esses fatores também podem aumentar o risco de doenças cardíacas:

  • Fumar
  • Estar acima do peso ou ter obesidade
  • Sem atividade física suficiente
  • Comer uma dieta rica em gordura saturada, gordura trans, colesterol e sódio (sal)
  • Bebendo muito álcool

Pessoas com diabetes também têm maior probabilidade de apresentar insuficiência cardíaca. A insuficiência cardíaca é uma condição séria, mas não significa que o coração parou de bater; isso significa que seu coração não consegue bombear sangue bem. Isso pode causar inchaço nas pernas e acúmulo de líquido nos pulmões, dificultando a respiração. A insuficiência cardíaca tende a piorar com o tempo, mas o diagnóstico e o tratamento precoces podem ajudar a aliviar os sintomas e impedir ou retardar o agravamento da condição.

Faça exames regulares para controlar a saúde do seu coração.

Teste para doenças cardíacas

Sua pressão arterial, níveis de colesterol e peso ajudarão o médico a entender seu risco geral de doença cardíaca. Seu médico também pode recomendar outros testes para verificar a saúde do seu coração, que podem incluir:

  • Um eletrocardiograma (ECG ou EKG) para medir a atividade elétrica do coração. O batimento cardíaco é o resultado de um impulso elétrico que viaja pelo coração.
  • Um ecocardiograma (eco) para examinar a espessura do músculo cardíaco e a capacidade de bombeamento do coração.
  • Um teste de esforço (teste de esteira) para ver como seu coração funciona quando está trabalhando duro.

Cuide do seu coração

Essas mudanças no estilo de vida podem ajudar a diminuir o risco de doenças cardíacas ou evitar que piore, além de ajudar a controlar o diabetes:

  • Siga uma dieta saudável. Coma mais frutas e vegetais frescos, proteína magra e grãos inteiros. Coma menos alimentos processados ​​(como batatas fritas, doces, fast food) e evite alimentos com excesso de gordura. Beba mais água, menos bebidas açucaradas e menos álcool.
  • Tenha como objetivo um peso saudável. Se você está acima do peso, perder até mesmo uma pequena quantidade de peso pode reduzir seus triglicerídeos e açúcar no sangue. Uma perda modesta de peso significa 5% a 7% do peso corporal, apenas 5 a 14 libras para uma pessoa de 90 kg.
  • Fique ativo. Ser fisicamente ativo torna seu corpo mais sensível à insulina (o hormônio que permite que as células do corpo usem o açúcar do sangue para obter energia), o que ajuda a controlar o diabetes. A atividade física também ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e reduz o risco de doenças cardíacas. Tente fazer pelo menos 150 minutos por semana de atividade física de intensidade moderada, como caminhada rápida.
  • Controle o estresse. O estresse pode aumentar sua pressão arterial e também levar a comportamentos prejudiciais à saúde, como beber muito álcool ou comer demais. Em vez disso, visite um conselheiro de saúde mental, tente meditação ou respiração profunda, faça alguma atividade física ou obtenha o apoio de amigos e familiares.

Seu médico também pode prescrever medicamentos que podem ajudar a manter o açúcar no sangue, a pressão arterial, o colesterol e os triglicerídeos próximos aos níveis-alvo.

Fale conosco!
Dra. Uelra Rita Lourenço

CRM-SP: 88.881
RQE Clínica Médica: 61.415
RQE Cardiologia: 61.416
Agendamento de Consultas:
Telefone: (11) 99281-7578
Site www.saudeurl.com.br
São Paulo-SP e Osasco-SP

Fontes:Centers for Disease Control and Prevention